>
(61)3436-5255
Clique e baixe o cartão de visitas
Centro de Especialidades Pediátricas
Ir para o conteúdo

Menu principal:

CEPResponde


O que é roséola?
A Dra. Asta Brandão, pediatra do CEP, responde:



A Roséola, também conhecida como exantema súbito, é uma doença muito comum nos primeiros anos de vida, principalmente de 6 a 18 meses. É causada por um vírus, o herpesvírus tipo 6 e 7, e a evolução típica consiste em um período de febre seguido pelo surgimento de pequenas manchas rosadas na pele, ou seja, um exantema. O vírus é comumente adquirido a partir do contato da saliva de pessoas sadias com a mucosa da boca, nariz ou olhos e por isso raramente há o relato de contato prévio com outras crianças afetadas.

A febre varia de 38°C a 40°C, com média de 39 °C, por 3 a 5 dias. A criança geralmente se mantém em bom estado geral, sem outros sinais ou sintomas, ou pode apresentar coriza, irritação na garganta, discreta vermelhidão nos olhos, dor abdominal, vômitos e diarréia. Estima-se, ainda, que 5 a 10% das crianças com roséola podem apresentar convulsões durante o período febril. O exantema não costuma ser pruriginoso e surge geralmente 12 a 24 horas após a resolução da febre, com lesões róseas de 2 a 5mm, um pouco elevadas, localizadas inicialmente em  tronco e estendendo-se para o pescoço, face, coxas e braços. A remissão do exantema ocorre após 1 a 3 dias.

O diagnóstico se baseia na evolução clínica típica em que o período de febre é seguido pelo exantema. Nos primeiros dias, pode ser confundido com diversas outras doenças que cursam com febre, enquanto o exantema deve ser diferenciado da rubéola, sarampo, escarlatina e reações adversas a medicamentos. O tratamento consiste basicamente no controle da febre.

Esta resposta tem caráter educativo para esclarecimento e orientação dos pais.
Leve seu filho ao pediatra regularmente. Criança feliz é criança com saúde!

Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal